Loja Virtual Própria ou Alugada? Qual vale a pena?

Olá á todos, hoje irei abordar um assunto que muitos dos meus clientes tem dúvida, loja virtual qual a melhor alternativa? Sistema próprio? Lojas alugada? Qual é o custo disso?

Bem primeiramente acho que é pertinente você se questionar quanto você está disposto a investir em seu negocio online
Loja virtual sua demanda(produtos oferecidos) são itens de procura na internet para o consumidor? Seu preço é atrativo? Qual é o seu diferencial dos seus concorrentes?

Respondendo essas dúvidas iniciais você já pode traçar sua meta sobre qual loja virtual é mais indicada para o seu perfil,  mas veja nada impede você de fazer uma transição no futuro, como iniciar com um sistema alugado de inicio e depois partir para um sistema próprio, muitas corporações fazem isso.

Pesquisando na internet encontrei algumas empresas que oferecem um sistema de e-commerce com domínio incluso (.com, .com.br) com opção para cadastrar até 200 produtos, e-mail exclusivo com taxas mensais a partir de R$30,00 a R$ 250,00.

Em suma o aluguel dessas lojas virtuais o tipo de serviço que elas disponibilizam seria:

  • A complexidade é baixa
  • Não se exige exclusividade
  • A necessidade de integração com outras ferramentas é baixa
  • A urgência para o lançamento é muito alta
  • E sua estratégia de mercado é relativamente baixa

Mas o que muda de uma empresa para outra ?  O sistema  não é o mesmo? Afinal o proposito é anunciar seus produtos e vender na internet .  Bom primeiramente você deve analisar o suporte que essa empresa irá prestar para você, é viável analisar se a loja oferece um sistema de customização de layout (sempre é bem nulo esse serviço), se informar se a empresa possui inserção e otimização de SEO,  recursos de inclusão com redes sociais, opções de inserção de várias bandeiras de pagamentos como PagSeguro, BCash, PayPall, MoIP entre outras, inclusão do seu site em sites leilões como Mercado Livre, Toda Oferta ou mesmo agregador de preços como o Buscapé, Shopping Uol e Terra Ofertas.

Bom até aqui, você percebe que possuir uma loja virtual é necessário ter um pouco de conhecimento, pois para seu negocio prosperar além de muito trabalho você precisa apostar nos números certos, isso não é uma loteria, é seu investimento, o prejuízo caso ocorra tem que ser minimo.  Pense comigo você tem um funcionário para atender seus clientes você quer que ele transmita a imagem que você vê da sua empresa uma boa aceitação e ninguém melhor que você para oferecer o seu serviço para seu cliente ninguém conhece isso melhor que você, mas existem diversas formas de abordar o seu cliente e de ter a linguagem correta para isso afinal cada cliente é único o produto que você oferece por R$ 10.00 é o mesmo que o concorrente oferece por R$50,00, sabendo isso você entende o porquê  de haver tantas empresas oferecendo lojas virtuais com preços diferenciados?

Vimos todos os impasses que temos para analisar qual sistema de e-commerce alugar pelo menos os pontos chaves, agora vamos analisar o sistema próprio, bem com esse sistema próprio você tem vários recursos, uma loja virtual desenvolvida para a sua necessidade, linguagem e recursos visuais que você pode passar para os desenvolvedores  no momento da criação o que viabiliza muito no fato de sua loja virtual ser única.
Ok, mas e quanto ao preço disso?

  • Custo fixo do sistema: R$ 700,00 (no mínimo)
  • Custo de locação de servidor e link em Data Center: R$ 700,00 (no minimo)
  • Custo de um firewall bem básico: R$ 800,00
  • Certificado SSL: R$ 100,00
  • Backup: R$ 500,00
  • CUSTO TOTAL INICIAL: R$ 2.800,00
  • Custo fixo mensal: R$ 700,00 do datacenter

Não estou considerando, que você necessitará periodicamente fazer manutenções no seu sistema, contratar um desenvolvedor para fazer o ajustes necessários. Hora de desenvolvedor é em torno de R$ 150,00.


Agora, uma sugestão que acho pertinente compartilhar com você pequeno e médio empresário,  de inicio é pertinente por conta do custo alugar uma loja virtual que ofereça um serviço otimizado conforme mencionei acima, recomendo que tenha um profissional na sua empresa que seja no minimo um web designer pois a parte visual do seu site e a criação de conteúdo e algumas excentricidades que venham ao ocorrer durante a vida útil do seu e-commerce ele consegue resolver, o salário base de um profissional da área é em torno de R$1200,00 a  R$2000,00 (depende da região) ou uma outra solução é contratar um freelancer que possa estar empenhado em fazer sua loja virtual funcionar trazer bons resultados motive ele informando que embora não seja um profissional CLT da sua empresa ele pode ganhar uma comissão conforme os resultados das vendas sejam expressivos na sua receita isso com certeza irá fazer ele criar uma atenção maior para sua empresa na hora de trabalhar, hoje por conta da web 2.0 existem muitos freelancer e esse tipo de profissional no Brasil se encontra em todo lugar acaba compensando muito para as empresas ter um profissional indiretamente ligado a empresa, em breve farei uma coluna sobre eles.

Caso tenha alguma dúvida mais sobre qual a solução de e-commerce ideal para sua empresa  pode me contatar terei o prazer em ajuda-lo e se você tem algum ponto que acha pertinente incluir , compartilhe conosco suas experiências !
Até a próxima =) .

Anúncios

Loja Virtual vs Projeto de E-Commerce?

Loja Virtual vs Projeto de E-Commerce?

Muita gente acha que para entrar no varejo eletrônico basta montar uma loja virtual, colocar produtos e pronto, a empresa está automaticamente inserida no cenário no comércio eletrônico e por isso irá colher imediatamente e de forma integral os benefícios de participar deste segmento. Essa ilusão tem levado várias lojas ao fracasso, por partir de uma premissa errada. Muitos pequenos e médio empresários, acreditam que pelo simples fato de criarem uma loja virtual estarão automaticamente inseridos no e-commerce. Isso não é verdade. A criação de uma loja virtual é apenas um dos itens que envolvem um Projeto de E-Commerce. Assim como as iniciativas empresariais no ambiente físico, oempreendedorismo digital requer muito planejamento para que os objetivos sejam alcançados com a minimização de custos e maximização de resultados.

Projeto de E-Commerce

Um Projeto de E-commerce é o planejamento estratégico de todas as ações que a empresa deve empreender para se situar no segmento do comércio eletrônico. Nele são analisados vários aspectos do projeto como por exemplo a escolha escolha da plataforma de TI, o treinamento de pessoal, a escolha de formas e sistemas de pagamento, logística e as ações de marketing. O planejamento de presença da empresa no ambiente web é o que irá orientar o desenvolvimento do projeto visando a inserção de forma eficiente da empresa no segmento do varejo virtual.

Análise de Mercado

Antes de montar uma loja virtual você deve fazer uma análise do mercado e verificar se o projeto que você tem, dentro do modelo que você planeja teria espaço no mercado atual. Não que existam muitos setores saturados, muito pelo contrário. O que se tem verificado são segmentos de mercado trabalhando com formulas cansadas que não dão mais resultados. Um bom exemplo disso são as lojas de informática que inovaram no modelo de negócio e público alvo e se destacaram das outras. Uma outra dúvida, qual será o seu modelo de negócio? Um modelo B2B – empresa para empresa ou B2C – empresa para consumidor final?

Soluções de TI

A escolha da plataforma de e-commerce é essencial para o sucesso do projeto. Seja ela open sourcealugada ouexclusiva, deve atender às necessidades imediatas do projeto e também permitir futuras expansões. Hoje existem diversas plataformas de e-commerce no mercado, o grande problema é identificar aquela que se adapta à sua necessidade atual e que vá permitir um upgrade. O importante é encontrar uma plataforma tecnologicamente adequada em que se possa dispor das ferramentas que fazem o diferencial no comércio eletrônico atual como estrutura de SEO, associação de produtos e políticas de descontos. Outro ponto que deve ser considerado é o das ferramentas administrativas como relatórios e atualizações de produtos.

Capacitação de Pessoal

A guinada estratégica rumo ao ambiente digital exige capacitação da equipe tanto no nível de conhecimento de novas tecnologias nas área de informática e marketing como na forma de gerenciamento da empresa engajada no mundo virtual e abordagem das oportunidades negociais que o novo ambiente oferece. E-commerce é coisa séria e necessita de profissionais especializados nesta área. Na maioria das vezes estes profissionais já fazem parte da equipe da empresa, só precisam ser treinados para as novas funções que irão desempenhar. O conhecimento da cultura da empresa pode facilitar sua inserção na era digital e por isso a capacitação do pessoal da própria empresa é uma alternativa bastante interessante. Marketing digitalSEO e Web Análise devem fazer parte dessa formação para que os membros da equipe saibam exatamente o que fazer e quando fazer. É importante que todos tenham uma noção exata das ferramentas disponíveis e como usá-las.

Planejamento do Marketing

Sem um planejamento das ações de marketing não há como se obter sucesso em um projeto de e-commerce. As ferramentas disponíveis são várias e exigem sinergia para torná-las mais eficientes. Atirar para todos os lados, além de desperdiçar recursos preciosos, pode resultar em uma perda da credibilidade. Campanha de marketing online tem que ter foco e seqüência. Não é jogo nem custa barato. Uma atenção especial deve ser dada a sua presença nas ferramentas de busca. Planeje com bastante antecedência seu processo de SEO – Otimização Para Sites de Busca – e implante o mais rápido possível. Embora seja a ferramenta mais demorada em termos de retorno, os resultados são espetaculares. Enquanto o SEO não surte efeito, utilize uma boa campanha de links patrocinados com um monitoramento constante do ROI. As mídias sociais também devem ser um ponto forte da sua estratégia, principalmente se a sua marca ainda não é muito conhecida.

Monitoramento e Ajustes

É natural que depois de implantado seu projeto precise de alguns ajustes, mas você só poderá saber o que pode ser melhorado se tiver instalado um bom sistema de monitoramento e web análise. Nesse setor, o Google Analyticsdesempenha um ótimo papel e é amplamente difundido. Com a devida interpretação dos dados de monitoramento, a web análise é capaz de identificar pontos de estrangulamento em uma loja virtual e soluções podem ser encontradas para o aperfeiçoamento do negócio. A web análise também desempenha papel fundamental na mensuração dos resultados das campanhas de marketing digital. Os dados obtidos pelo sistema de monitoramento significam muito mais que a quantidade de page views, eles informa qual é o exato comportamento dos seus cliente quando estão na sua loja.

Resumindo

Esses são apenas alguns pontos que devem ser considerados. Obviamente existem muitos outros que devem ser meticulosamente analisados quando da elaboração de um projeto de e-commerce. O importante é não se deixar levar pela idéia de que a criação da loja virtual em si é a principal ação dentro do processo de inserção da empresa no varejo digital. Não são raros os exemplos de lojas virtuais muito bem estruturadas que simplesmente “não decolam”justamente por não terem se preocupado com os outros aspectos que envolvem o sucesso de um projeto de comércio eletrônico.Com um bom planejamento suas chances de sucesso são muito maiores.

fonte: http://www.blogdoecommerce.com.br/projeto-de-ecommerce-loja-virtual/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+blogdoecommerce+%28Blog+do+E-Commerce%29