Grandes Empresas e Pequenos Retornos

Olá a todos hoje vou falar de um estudo de caso que fiz sobre uma loja virtual da qual dispensa a utilização  de MetaTags (palavras chaves) e também em adequar o conteúdo de seu site para o público alvo e mostrar como isso pode repercutir como maleficio no seu negócio.

Alguns erros que acontecem frequentemente hoje em dia com a utilização da Web 2.0  é  achar que simplesmente basta  possuir um site,  participar de redes sociais, twitter entre outros recursos que a web lhe oferece que sua marca já estará no ranking de pesquisas do google entre outros sites agregadores.

Muitos desses recursos são gratuitos para fazer a sua “imagem social” na internet porém se não souber fazer direito isso irá lhe render apenas contas fantasmas ou seja vários logins sem o minimo de informação e conteúdo da qual seu cliente busca,  um pouco de informação faz toda a diferença na qual faz ele pensar eu preciso disso ou realmente vale a pena ter.

Agora pense no seu tempo (oras tempo é curto e custa caro)  é necessário criar conta em várias plataformas  Facebook , Google +, Pinterest , FourSquare entre outras  a partir do momento que foi criado basta inserir o conteúdo.

Aí vem aquela pergunta:

–  Ok, eu já fiz tudo isso e minha empresa coloca apenas informações relevantes sobre nossos produtos.

Ai eu te pergunto,  como você coloca esse conteúdo na web? A linguagem é clara e objetiva? Os termos de procura  inseridos no seu canal são os mais perguntados pelo cliente?

Você sabe quem é seu público alvo? Principais interesses? Hobbies? Escolaridade?

Pois bem são essas perguntas simples que fazemos para definir alguma das principais MetaTags .

Vou pegar como exemplo uma pesquisa sobre bolas de basquete em um site de artigos esportivos da qual visitei e vi os seguintes erros:

1 –  Colocar o título do produto em inglês. Ok, o esporte é praticado em massa pelos norte-americanos, mas e aqui no Brasil será realmente que se eu fosse comprar o produto digitaria o nome em inglês no google?

2 – Não inserir nenhuma palavra com relevância para o termo que o seu usuário lê, pense como seu cliente  esse é o segredo de como conseguir as melhores palavras chaves para seu site.
Ex: Bola de Basquete, Basquetebol , Basketball e Basquete.

Para termos noção da gravidade do anonimato da empresa com seu produto oferecido eu fiz uma pesquisa no Google e digitei o título do produto só para constar e ter certeza que ao menos eles haviam feito alguma referencia sobre basquete e bola,  pois bem não apareceu nada e apenas começou a aparecer na 4º página de pesquisa em inglês =S.

Exemplo prático na vida real, pense em você em uma pizzaria em um belo rodizio de pizza da qual você  está sentado aguardando uma pizza de 5 queijos,  o garçom simplesmente passa por você com a pizza e não oferece ou senão fala um nome estranho, exatamente , é isso que acontece com sua empresa você tem o produto certo para o cliente porém você não ofereceu para ele de forma correta  e nem utilizou a palavra certa para ativar o desejo dele,  voltando ao exemplo o garçom esqueceu que você existia, esqueceu que as  pessoas poderiam conhecer a pizza por outro nome mais simples.

Pois bem agora se fosse na web, você usuário digita no google pizza de 5 queijos aparece uma gama enorme de resultados porém  sua empresa é sofisticada você quer clientes especiais ao invés de adicionar no seu site a palavra convencional  você  coloca no  titulo do seu produto five cheese .  =/

Amigo sinto mas apenas os gringos vão ver seu produto e vão fechar a página na mesma hora.

Conseguiu entender a importância das MetaTags , títulos corretos , simplicidade nas palavras e o principal conhecer seu público.

É isto espero que ajude alguém a formular as MetaTags corretamente e desculpe se houve erros de concordância, tenha um bom dia  =D .